O uso de senhas fracas é mais comum do que pensamos. Em um relatório recente, a Computer Emergency Readiness Team (CERT) dos EUA apontou que senhas fracas são o principal erro dos usuários em relação à segurança. De acordo com o relatório, escolher uma senha fraca é como “fechar a porta da frente sem trancá-la”. Esse comportamento aumenta o risco de informações pessoais e financeiras caírem nas mãos erradas, e a CERT destaca que o gerenciamento de senhas é uma das formas mais eficazes de manter o controle até sobre as senhas mais complexas. Senhas longas e imprevisíveis que incluem números e símbolos oferecem a melhor proteção de segurança. Separamos alguns elementos que você deve usar na elaboração de suas senhas:

Números aleatórios

Quanto mais aleatórios forem os números usados melhor, principalmente em sistemas que aceitem exclusivamente caracteres numéricos.

Grande quantidade de caracteres

Quanto mais longa for a senha mais difícil será descobri-la. Apesar de senhas longas parecerem difíceis de serem digitadas, com o uso frequente elas acabam sendo digitadas facilmente.

Diferentes tipos de caracteres

Quanto mais “bagunçada” for a senha mais difícil será descobri-la. Procure misturar caracteres, como números, sinais de pontuação e letras maiúsculas e minúsculas. O uso de sinais de pontuação pode dificultar bastante que a senha seja descoberta, sem necessariamente torná-la difícil de ser lembrada.

Agora, alguns elementos que você não deve usar na elaboração de suas senhas:

Uso de dados pessoais

Nomes, sobrenomes, contas de usuário, números de documentos, placas de carros, números de telefones e datas são dados que podem ser facilmente obtidos e usados por pessoas que queiram tentar se autenticar como você.

Sequências de teclado

Evite senhas associadas à proximidade entre os caracteres no teclado, como “1qaz2wsx” e “QwerTAsdfG”, pois são bastante conhecidas e podem ser facilmente observadas ao serem digitadas.

Palavras que façam parte de listas

Evite palavras presentes em listas publicamente conhecidas, como nomes de músicas, times de futebol, personagens de filmes, dicionários de diferentes idiomas, etc. Existem programas que tentam descobrir senhas combinando e testando estas palavras e que, portanto, não devem ser usadas.

Software gerenciador de senhas

É quase impossível se lembrar de todas as senhas, e é por isso que um gerenciador de senhas pode ser muito útil. O software de gerenciamento de senhas também pode criar senhas eficientes, únicas e à prova de hackers. No final das contas, a única senha que você precisará lembrar será a do software.
Os softwares de gerenciamento de senhas aumentam a eficiência de suas senhas de sites, lembrando-as e criptografando-as. Eles se tornaram uma ferramenta necessária para os usuários de computadores de qualquer lugar. Afinal de contas, as senhas são uma barreira entre os criminosos e seus dados mais sigilosos. No entanto, poucas pessoas as utilizam da forma adequada.

A nossa dica é o aplicativo Kaspersky ® Password Manager. A ferramenta é em português e a interface é amigável. Ele é pago (clique no botão “obter a versão gratuita”), mas você poderá usá-lo gratuitamente com até 14 registros.

Baixe este aplicativo acessando o link: https://www.kaspersky.com.br/password-manager 

Esperamos que este artigo te ajude a definir senhas mais seguras e a gerenciá-las.

Adapt. (https://www.kaspersky.com.br/resource-center/preemptive-safety/protecting-your-data-online-password-manager e https://cartilha.cert.br/senhas/#8.2)


Outros Artigos...